General norte-coreano está nos EUA

General norte-coreano está nos EUA
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O general Kim Yong-chol, antigo espiâo e braço direito do líder da Coreia do Norte, está em solo norte-americano para negociar uma cimeira histórica entre os dois países.

PUBLICIDADE

Já não há dúvidas: Kim Yong-chol aterrou em Nova Iorque para dar início a uma rara visita diplomática.

Esta é a primeira vez em 18 anos que uma alta patente do regime norte-coreano se desloca aos Estados Unidos da América.

Donald Trump confirmou através do Twitter que o general Kim Yong-chol, antigo espiâo e braço direito do líder da Coreia do Norte, está em solo norte-americano para negociar uma cimeira histórica entre os dois países.

Yong-chol reuniu-se esta quarta-feira com o secretário de Estado Mike Pompeo que, desde cedo transmitiu as exigências de Washington:para as relações diplomáticas: a Coreia do Norte terá de dar início ao desarmamento nuclear.

Um esforço que os norte-coreanos mostraram publicamente estar dispostos a fazer ao convidar jornalistas para o início das operações.

Entretanto, num momento em que tudo parece encaminhado para haver uma cimeira entre os dois países já em junho, também a Rússia parece querer reaproximar-se do regime de Pyongyang. O ministro dos negócios estrangeiros, Sergey Lavrov, já aterrou na Coreia do Norte para uma visita diplomática.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

EUA recebem general norte-coreano

Trump confirma que delegação dos EUA está na Coreia do Norte

Jornalistas entram na Coreia do Norte