Última hora

Última hora

A Arte pós Primeira Guerra Mundial na Tate Britain

Em leitura:

A Arte pós Primeira Guerra Mundial na Tate Britain

A Arte pós Primeira Guerra Mundial na Tate Britain
Tamanho do texto Aa Aa

Por ocasião do centenário do fim da Primeira Guerra Mundial, a galeria Tate Britain, em Londres, explora o impacto do conflito nos artistas europeus.

A exposição, intitulada "Aftermath" reúne 150 obras de artistas britânicos, franceses e alemães, realizadas entre 1916 e 1932.

Emma Chambers é a curadora do museu:

"Um dos efeitos da Primeira Guerra Mundial entre os artistas é fazê-los pensar sobre a corrupção da antiga ordem [mundial] e na forma como esse ambiente político conduziu à guerra. Por isso, estão muito preocupados em refazer as relações sociais no período do pós-guerra. Tanto o dadaísmo como o surrealismo olham para novas formas de fazer arte, que recusem os antigos valores burgueses racionais."

A "rebelião" contra a ordem estabelecida, como define Chambers, está patente nas obras de artistas como Hannah Hoch, Max Ernst, Andre Masson ou Edward Burra. A exposição pode ser vista na Tate Britain até 23 de setembro.

Mais sobre Cult