Última hora

Última hora

Envelhecimento em Portugal: Só 8 milhões em 2070

Em leitura:

Envelhecimento em Portugal: Só 8 milhões em 2070

Envelhecimento em Portugal: Só 8 milhões em 2070
@ Copyright :
D. R. - Arquivo Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

A tendência é europeia, mas tem particular expressão em Portugal. De acordo com as previsões da Comissão Europeia, em 2070 a população portuguesa deverá descer para o mínimo dos últimos 60 anos.

8 milhões. Menos 2,3 milhões que hoje. Menos 600 mil que no recenseamento de 1960.

A população ativa deverá decrescer significativamente a nível europeu: menos 40 milhões de pessoas em idade para trabalhar. Em Portugal, a população ativa desce aos 4,2 milhões. Será por isso o país da Europa com o mais alto índice de dependência de idosos em relação à população ativa: praticamente 1 trabalhador para cada 3 reformados.

A confirmarem-se as previsões da Comissão Europeia, nas próximas décadas Portugal terá uma das maiores destruições de emprego da europa, com menos 28% de horas trabalhadas.

Cresce a esperança de vida, a despesa com a saúde e com a segurança social.

Neste cenário, o potencial de crescimento do país é dos mais baixos da União Europeia.

Apesar disso, a Comissão considera que não está em risco a sustentabilidade da segurança social. Isso quererá no entanto dizer que os portugueses vão trabalhar até mais tarde (66 anos e 4 meses, mais dois anos do que atualmente) e receber menos (a pensão média, que neste momento é cerca de 68% do salário apurado, passa a 56% do valor).