Putin visita a "amiga" Áustria

Putin no Museu de história da Arte de Viena
Putin no Museu de história da Arte de Viena Direitos de autor Reuters
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente russo inaugurou uma exposição do Hermitage na capital austríaca numa visita que é vista como uma manobra diplomática pelo fim das sanções

PUBLICIDADE

Vladimir Putin deixa arte como cartão de visita na Áustria. No final da primeira visita a um país do ocidente desde que foi reeleito, o presidente russo inaugurou uma exposição de obras do Hermitage no Museu de História de Arte de Viena.

Boticelli, Tintoretto ou Van Dyck são alguns dos nomes representados.

Para Putin, é uma forma de diplomacia. A Áustria foi dos poucos países da União Europeia a não expulsar diplomatas russos na sequência do caso Skripal. Esta visita é entendida como estratégica na pressão que Moscovo tem feito para que as sanções instauradas em 2014, depois da anexação da Crimeia, sejam levantadas.

O chanceler austríaco, conservador de direita, já defendeu o levantamento progressivo das sanções à Rússia, se for ultrapassado o conflito com a Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Macron e Putin, os conciliadores do Fórum Económico Mundial

MH17: Rússia só aceitará conclusões quando participar no inquérito

Putin viola as sanções da ONU ao oferecer uma limusina de luxo a Kim Jong-un