Trump: "Um minuto chega para perceber se reunião com Kim vai ou não correr bem"

Trump: "Um minuto chega para perceber se reunião com Kim vai ou não correr bem"
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente norte-americano mostrou-se esperançoso no encontro com o líder norte-coreano, durante a cimeira do G7. Deu ainda notas aos principais parceiros e ficou com o dedo de Macron marcado...

PUBLICIDADE

Depois dos avanços e recuos e mesmo de se ter falado de um cancelamento, Donald Trump aproveitou a cimeira do G7 no Canadá para falar do encontro a dois que vai ter, na terça-feira, com o líder da Coreia do Norte Kim Jong-un em Singapura. Trump diz que vai ser uma boa ocasião para um acordo sobre o nuclear e acredita na intuição.

"Quanto tempo demoramos a perceber se alguém é sério ou não? Diria que percebo isso no primeiro minuto. Dizem que demora cinco segundos a perceber se gostamos de alguém ou não. Vou saber muito depressa se vai ou não acontecer alguma coisa boa naquela reunião", disse Trump.

Trump foi desta vez vítima da vingança de Emmanuel Macron na guerra dos apertos de mão e até ficou com a marca do polegar do presidente francês. A força dos "passou-bens" parece refletir a boa relação com os outros líderes segundo o chefe de Estado americano, que deu nota dez, em dez pontos, à relação que mantém com Macron, com o primeiro-ministro canadiano Justin Trudeau e com a chanceler alemã Angela Merkel.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Trump paga 175 milhões de dólares para evitar apreensão de bens em caso de fraude

Rússia veta resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre a Coreia do Norte

Trump diz que não tem dinheiro para pagar caução de 454 milhões de dólares ao tribunal