Última hora

Última hora

Como o Aquarius resgatou centenas de migrantes

Em leitura:

Como o Aquarius resgatou centenas de migrantes

Como o Aquarius resgatou centenas de migrantes
Tamanho do texto Aa Aa

A correspondente da Euronews em Itália, Anelise Borges, esteve a bordo do Aquarius e testemunhou que a situação "é calma". "Os Médicos Sem Fronteiras e a SOS Mediterrâneo dizem ter as coisas sob controlo, mas claro que é uma situação delicada, porque o navio está lotado. Tinha uma capacidade para 550 pessoas e está a transportar 629. A maioria delas tem dormido no convés, no exterior, expostas. E estas pessoas já tinham passado entre 20 a 30 horas no mar antes de serem resgatadas" sublinhou.

"A equipa do Aquarius diz que eles conseguem aguentar-se e esperar mais uns dias, se necessário, pois têm comida e água suficiente. Mas estão a pressionar as autoridades italianas para tomarem uma decisão e determinarem um porto de segurança para que estas pessoas possam desembarcar o mais depressa possível", afirmou a repórter.