EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Governo de Alexis Tsipras supera moção de censura

Governo de Alexis Tsipras supera moção de censura
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Acordo resolve quase três décadas de discussões sobre o nome e remove um obstáculo à tentativa de Skopje em se unir à União Europeia e à NATO

PUBLICIDADE

Várias pessoas juntaram-se frente ao parlamento grego, em Atenas, este sábado, em protesto contra o acordo que será firmado com a República da Macedónia, este fim de semana, e que pretende mudar o nome da antiga república da Jugoslávia para "República da Macedónia do Norte". Tentaram mesmo entrar no edifício, mas foram afastados pelas autoridades com gás lacrimogéneo.

Enquanto a manifestação ocorria, os deputados debatiam uma moção de censura apresentada pelo principal partido da oposição, que considera o acordo uma "derrota nacional".

O governo de Tsipras, com maioria parlamentar de 154 cadeiras de um total de 300, passou na votação.

"Estou aqui porque quero defender o nome e a história da Macedónia. Nem devíamos discutir isto. Não vejo motivos. Há apenas uma Macedónia e pertence à Grécia. Todos deveriam aceitar isso", diz um grego. Outra mulher comenta, "Queremos relações pacíficas com os nossos vizinhos. Mas, este país pertence ao sul da Jugoslávia. Deveria ter o direito de se unir à NATO e à União Europeia, mas sem usar o nome Macedónia. Macedónia é a terra dos nossos antepassados".

A reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da Grécia e da Macedónia para assinar o acordo acontece este domingo.

O acordo resolve quase três décadas de discussões sobre o nome e remove um obstáculo à tentativa de Skopje em se unir à União Europeia e à NATO.

Apostolos Staikos. euronews:

Não ao acordo com a antiga república da Jugoslávia. Esta é a posição dos manifestantes que se reuniram à porta do parlamento. Pedem que o governo não assine o acordo nem aceite mudar o nome.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

E depois do acordo

Macedónia muda de nome

Juncker pede o fim do conflito sobre o nome "Macedónia"