A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Governo haitiano suspende aumento de combustíveis depois de violentos protestos

Governo haitiano suspende aumento de combustíveis depois de violentos protestos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Governo haitiano recuou depois de anunciar um aumento de 13% dos preços dos carburantes, numa medida relacionada com um pacote de ajuda financeira do FMI ao país mais pobre das Américas.

Na capital, Port-au-Prince, morreram pelo menos três pessoas nos violentos protestos dos últimos dias.

Os manifestantes queimaram pneus e viaturas e ergueram barricadas nas principais artérias da cidade.

Na origem do aumento de preços estaria a redução dos subsídios aos combustíveis da parte do Fundo Monetário Internacional.

Com os aumentos, o preço do gasóleo subiria até aos quatro dólares por litro e o da gasolina até aos cinco dólares.

Cerca de 80% dos habitantes do Haiti vive com menos de dois dólares por dia.