Grécia expulsa diplomatas russos

Embaixada russa em Atenas
Embaixada russa em Atenas
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Atenas acusa Moscovo de interferência em assuntos internos

PUBLICIDADE

O governo grego anunciou a expulsão de dois diplomatas russos. Outros dois diplomatas ficam igualmente proibidos de entrarem no país.

Atenas acusa os altos funcionários russos de interferência na política interna e de atos ilegais contra a segurança nacional grega.

Segundo um diário grego, o governo denunciou os esforços dos diplomatas russos no sentido de extraírem informações e de subornarem funcionários governamentais gregos.

A expulsão dos diplomatas representa o culminar de dois anos de tensões crescentes entre Atenas e Moscovo devido a questões de segurança regional. No centro da questão estariam tentativas para diminuir a influência da Grécia na região dos Balcãs, nomeadamente ao nível das relações com a antiga república jugoslava da Macedónia.

Atenas adianta que uma resposta idêntica por parte de Moscovo irá apenas levar ao agravamento das tensões entre os dois países.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Acordo entre Grécia e ARJM põe fim a 25 anos de discussões

Grécia e Macedónia assinam o acordo histórico sobre nome da antiga república Jugoslava

Grécia concede asilo a militar turco