EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Comissão Eleitoral britânica multa campanha pró-Brexit Vote Leave

Comissão Eleitoral britânica multa campanha pró-Brexit Vote Leave
Direitos de autor 
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Autoridades preparam investigação policial

PUBLICIDADE

No Reino Unido, a campanha oficial do Brexit, Vote Leave, vai ser alvo de investigação policial por violação das regras de despesa.

A campanha oficial foi multada pelas autoridades em cerca de 69 mil euros por violação da lei eleitoral. O anúncio foi feito esta terça-feira pela Comissão Eleitoral que já referiu o caso à polícia para investigação.

Segundo a Comissão Eleitoral, foram encontrados indícios e provas substanciais de conluio entre a campanha Vote Leave e o grupo BeLeave que provam que os dois grupos teriam agido em coordenação de acordo com um plano comum não declarado e violando os limites legais de despesa.

"A campanha Vote Leave só podia gastar sete milhões de libras mas a comissão eleitoral encontrou indícios de conluio com outra organização, Be.Leave, o que significa que ultrapassou os limites de despesa em quase meio milhão de libras", afima o correspondente da euronews em Londres, Vincent McAviney.

Em maio a Comissão Eleitoral britânica multou um outro movimento pró-Brexit, Leave.EU, em 79 mil euros devido a múltiplas irregularidades relacionadas com o financiamento da campanha do referendo de junho de 2016 sobre a saída do Reino Unido da União Europeia.

Fundada em 2015 para defender a saída do Reino Unido da UE, a campanha Leave.EU recebeu o apoio do então líder do partido Ukip, Nigel Farage, embora não fizesse parte da campanha oficial do referendo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

May trava conservadores pró-europeus

Trump critica diretamente a estratégia de May para o Brexit

Nigel Farage e Tony Blair: Brexit ou "não ao Brexit", eis a questão?