A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Boris Johnson fez o discurso da demissão no Parlamento

Boris Johnson fez o discurso da demissão no Parlamento
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Boris Johnson fez o discurso da demissão no Parlamento. Subiu ao palanque da Câmara dos Comuns nests quarta-feira para explicar as razões da sua demissão. Abandonou o cargo de ministro dos negócios estrangeiros dizendo que não podia apoiar o plano de Theresa May.

Mantém uma posição firme de desacordo, mas apelou ao otimismo para a saída do Reino Unido da União Europeia: "não é tarde demais para salvar o Brexit. Temos tempo nestas negociações. Mudámos de rumo uma vez e podemos mudar novamente. Ainda há tempo e se a primeira-ministra conseguir modificar esta visão mais uma vez diante de nós acredito que pode conseguir Brexit em grande para o país, com uma abordagem positiva e autoconfiante que vai unir este partido, esta casa assim como este país", disse Boris Johnson.

Depois de ter visto o plano para um "Brexit suave" aprovado em Chequers, Theresa May também assistiu às demissões de David Davis e de Boris Johnson. O líder da oposição, Jeremy Corbyn, também acusou May e a sua equipa de não serem capazes de chegar a um bom acordo para a saída do bloco europeu.