Última hora
This content is not available in your region

Milhares de turistas abandonam ilha indonésia de Lombok no rescaldo de sismo

euronews_icons_loading
Milhares de turistas abandonam ilha indonésia de Lombok no rescaldo de sismo
Tamanho do texto Aa Aa

De barco e de avião, milhares de turistas começaram, esta segunda-feira, a abandonar a ilha indonésia de Lombok, no rescaldo do forte sismo de magnitude 6.9 na escala de Richter.

Também se iniciaram as operações para retirar mais mil pessoas das ilhas Gili, a poucos quilómetros da costa noroeste de Lombok.

Nesta fase contam-se mais de 90 mortos, mais de duas centenas de feridos e 20 mil deslocados, a par dos avultados danos materiais.

No terreno prosseguem as buscas por sobreviventes entre os escombros de casas, escolas e mesquitas apesar dos acessos dificultados. Os médicos desdobram-se em trabalhos, mas os números de mortos e feridos poderão agravar-se.

As vítimas relatam momentos de pânico.

Depois do terramoto sucederam-se mais de 130 réplicas. O abalo também foi sentido em Bali e levou à emissão de um alerta de tsunami que acabou mais tarde por ser cancelado.

O violento sismo deste domingo ocorreu uma semana após um outro de 6.4 na escala de Richter.