EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Argentina chumba legalização do aborto

Argentina chumba legalização do aborto
Direitos de autor 
De  Andrea Rua Espada, em Buenos Aires
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No país do Papa Francisco, a lei que está em vigor e criminaliza a interrupção voluntária da gravidez tem quase 100 anos

PUBLICIDADE

Eram quase 3 da manhã na Argentina quando o Senado terminou a votação do projeto para a legalização do aborto, que já tinha sido aprovado no parlamento em junho.

Chumbado o projeto na câmara alta, fica em vigor a lei escrita em 1921 e que criminaliza a interrupção voluntária da gravidez.

No país do Papa Francisco, as convicções religiosas impuseram-se ao direito à escolha. Os protestos pela decisão fizeram-se ouvir de imediato na rua.

Num dos debates mais profundos na Argentina desde o regresso à Democracia, as organizações civis que estão a favor do aborto seguro, legal e gratuito prometem apresentar a proposta de legalização novamente no próximo ano e continuar a lutar pelo direito à escolha.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Duas mortes depois do chumbo da lei do aborto pelo Senado

Argentina: ativistas reagem à decisão do senado

501 caixões e 200 sacos com cadáveres encontrados abandonados na Argentina