Última hora

Última hora

Casas de férias arrendadas ilegalmente em Itália

Em leitura:

Casas de férias arrendadas ilegalmente em Itália

Casas de férias arrendadas ilegalmente em Itália
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades fiscais italianas não têm mãos a medir este verão. A polícia deu-se conta de que mais de metade das casas arrendadas para férias no país são ilegais. O fenómeno é mais marcante nas regiões da Puglia, Toscana e Lazio.

De acordo com os números divulgados, 540 das quase 900 casas investigadas, na praia e no campo, não estão declaradas às autoridades, ou seja, passam pelas malhas do fisco.

Dos cerca de 500 controlos diários da polícia, as casas arrendadas ilegalmente são o fenómeno mais relevante. Ultrapassam mesmo os casos de fraude comercial, ou tráfico de drogas.