Última hora

Última hora

Génova: "acidente é um alerta para as autoridades"

Em leitura:

Génova: "acidente é um alerta para as autoridades"

Génova: "acidente é um alerta para as autoridades"
Tamanho do texto Aa Aa

O colapso da ponte de Morandi em Génova deve também funcionar como um alerta para as autoridades. Foi o que disse à Euronews Enrico de Vita, engenheiro e especialista neste tipo de infraestruturas.

De Vita conhece bem a cidade de Genova e a ponte de Morandi. Explica que é impossível saber com precisão. como se encontra a infeaestrutura.

"Os cabos de ferro dentro da ponte estão envolvidos em betão e ninguém pode verificar como se vão comportar ao longo dos anos. Descobrimos, cerca de 50 depois, que estas estruturas estavam em risco. E o risco relaciona-se com a chamada fadiga. Uma espécie de doença que contrai o ferro se encontra sob pressão, de forma repetida, milhares de vezes por dia."

Para conhecer o estado da infraestrutura, diz, é necessário desenvolver um método, que, por agora, não existe:

"Não temos ainda uma forma de monitorizar o estado da estrutura em profundidade para fazer reparações. Faltam mesmo estudos a nível universitário a conhecer esta matéria."

O Governo italiano anunciou no entanto, um programa para controlar este tipo de infraestruturas em todo o país.

Existem em itália mais ou menos 300 pontes com cerca de 50 anos e ainda que tenham sido construídas com um método diferente da ponte de Morandi, devem ser fiscalizadas.

"Com este tipo de estrutura, como a de Moradi, são três e estão todas praticamente inutilizadas, uma na Sicília e outra fora de Itália. Outras estruturas deste tipo não. Viadutos em Itália devem ser uns 300 e está a chegar a um momento em que o risco de colapso é sério."