Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Génova: "acidente é um alerta para as autoridades"

Génova: "acidente é um alerta para as autoridades"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O colapso da ponte de Morandi em Génova deve também funcionar como um alerta para as autoridades. Foi o que disse à Euronews Enrico de Vita, engenheiro e especialista neste tipo de infraestruturas.

De Vita conhece bem a cidade de Genova e a ponte de Morandi. Explica que é impossível saber com precisão. como se encontra a infeaestrutura.

"Os cabos de ferro dentro da ponte estão envolvidos em betão e ninguém pode verificar como se vão comportar ao longo dos anos. Descobrimos, cerca de 50 depois, que estas estruturas estavam em risco. E o risco relaciona-se com a chamada fadiga. Uma espécie de doença que contrai o ferro se encontra sob pressão, de forma repetida, milhares de vezes por dia."

Para conhecer o estado da infraestrutura, diz, é necessário desenvolver um método, que, por agora, não existe:

"Não temos ainda uma forma de monitorizar o estado da estrutura em profundidade para fazer reparações. Faltam mesmo estudos a nível universitário a conhecer esta matéria."

O Governo italiano anunciou no entanto, um programa para controlar este tipo de infraestruturas em todo o país.

Existem em itália mais ou menos 300 pontes com cerca de 50 anos e ainda que tenham sido construídas com um método diferente da ponte de Morandi, devem ser fiscalizadas.

"Com este tipo de estrutura, como a de Moradi, são três e estão todas praticamente inutilizadas, uma na Sicília e outra fora de Itália. Outras estruturas deste tipo não. Viadutos em Itália devem ser uns 300 e está a chegar a um momento em que o risco de colapso é sério."