Última hora

Última hora

Djokovic tenta por termo à "maldição" de Cincinnati

Em leitura:

Djokovic tenta por termo à "maldição" de Cincinnati

Djokovic tenta por termo à "maldição" de Cincinnati
Tamanho do texto Aa Aa

Para Novak Djokovic voltou a não ser fácil mas o sérvio acabou por avançar para os oitavos-de-final do Masters 1000 de Cincinnati.

Impôs-se, esta quarta-feira, num duelo sofrido sobre o francês Adrien Mannarino por 2 sets a 1 com parciais de 4-6, 6-2 e 6-1.

No entanto ficou ainda mais difícil colocar um ponto final à "maldição" de Cincinnati. É o único torneio Masters 1000 que falta ao palmarés de Djokovic mas o sérvio tem encontro marcado com o detentor do título Grigor Dimitrov.

O búlgaro afastou o alemão Mischa Zverev, irmão de Alexander Zverev que não teve melhor destino frente a Robin Haase. O holandês impôs-se por 5-7, 6-4 e 7-5.

No estado do Ohio, o mau tempo fez das suas, mas antes da chegada da chuva o suíço Stanislas Wawrinka bateu o japonês Kei Nishikori por duplo 6-4. Nos oitavos-de-final mede forças com o húngaro Marton Fucsovics.