EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Petrolífera TOTAL abandona Irão

Petrolífera TOTAL abandona Irão
Direitos de autor REUTERS/Raheb Homavand/File Photo
Direitos de autor REUTERS/Raheb Homavand/File Photo
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A administração de Donald Trump deu um prazo entre 90 a 180 dias para que as empresas se retirem do Irão e para que seja imposta uma nova série de sanções no setor dos hidrocarbonetos, prevista para novembro.

PUBLICIDADE

A petrolífera francesa Total abandonou, oficialmente, os projetos de investimento no Irão.

O anúncio foi feito pelo ministro iraniano do Petróleo, esta segunda-feira, após o restabelecimento das sanções de Washington contra Teerão, no dia seis de agosto.

A administração de Donald Trump deu um prazo entre 90 a 180 dias para que as empresas se retirem do Irão e para que seja imposta uma nova série de sanções no setor dos hidrocarbonetos, prevista para novembro.

Os Estados Unidos da América resolveram restabelecer as sanções contra o Irão e advertiram os países que mantêm as relações comerciais com o país, rasgando assim o acordo nuclear concluído em 2015, durante a administração de Barack Obama.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Petrolífera Ocidental junta-se à Total para aquisição da Anadarko

Teerão dá a conhecer novo caça e diz que Washington "não se atreve" a atacar

O "carniceiro de Teerão": como será lembrado o presidente iraniano Ebrahim Raisi?