Última hora

Última hora

Protesto contra regras europeias em matéria de repouso dos camionistas

Em leitura:

Protesto contra regras europeias em matéria de repouso dos camionistas

Protesto contra regras europeias em matéria de repouso dos camionistas
Tamanho do texto Aa Aa

Na zona balnear de Palanga, no oeste da Lituânia, está estacionado um autocarro violeta. Parado num parque de campismo, oferece aos que se encontram de férias a possibilidade de dormir perto do mar Báltico.

Mas esta não é uma nova modalidade de alojamento. É uma ação de protesto organizada pela Associação de Camionistas Lituanos contra as regras europeias em matéria de períodos de repouso.

Em dezembro um tribunal da União Europeia estabeleceu que os camionistas precisam de fazer pausas adequadas e não estão autorizados a usufruir do descanso semanal - mínimo de 45 horas, o mais tardar após seis dias de trabalho - nos veículos.

Os camionistas queixam-se que são obrigados a ficar em hotéis, falam em multas pesadas e a associação alega um problema para poupar dinheiro ao mesmo tempo que se compete com empresas do oeste europeu.

Todos os anos, países como a Alemanha, França, Bélgica e Holanda aplicam multas aos condutores lituanos por não dormirem em hotéis.

Audrius Petraitis, da Associação de Camionistas Lituanos, lembra que precisam de deixar o veículo numa área protegida e depois procurar por um hotel, o que não é "confortável."