Última hora

Última hora

Síria celebra Festa do Sacrifício

Em leitura:

Síria celebra Festa do Sacrifício

Síria celebra Festa do Sacrifício
Tamanho do texto Aa Aa

Milhões de muçulmanos celebram, em todo o mundo, o Eid al-Adha.

Na Síria não é diferente. Os habitantes dos arredores de Damasco celebram a festa do Sacrifício pela primeira vez desde que as tropas do regime retomaram o controlo da área.

O presidente sírio, Bashar al-Assad participou nas orações na principal mesquita da capital.

Nas ruas o clima é de paz e alegria.

"As circunstâncias do Eid são ótimas, estão cheias de segurança e paz. Quando os terroristas estavam aqui, as pessoas tinham de se esconder, mas agora as pessoas estão a recuperar-se" como afirma um sírio.

Também em Idleb, no norte de Síria, se celebra a Festa do Sacrifício do cordeiro por Abraão.

No entanto, nem a Grande Festa muçulmana trava as hostilidades entre as forças do regime e os rebeldes.

De acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, o exército sírio bombardeou esta terça-feira a província, o último grande bastião dos insurgentes.