EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Papa pediu desculpa às vitimas de abusos irlandesas

Papa pediu desculpa às vitimas de abusos irlandesas
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

“Esperamos desculpas sinceras e certamente que hoje tivemos uma do Papa".

PUBLICIDADE

A Euronews falou com Paul Redmond, uma das oito vítimas irlandesas que sofreram abusos em instituições religiosas e que se encontraram este sábado com o Papa Francisco.

Redmond escreveu o livro 'The Adoption Machine' (A máquina de adopção), sobre a história dos “Mother and Baby Homes” - orfanatos irlandeses.

No encontro pediu ao Papa para a Igreja facilitar o encontro entre as mães biológicas e os filhos que entregaram para adoção.

..........................

“Esperamos desculpas sinceras e certamente que hoje tivemos uma do Papa. Mas não sei se este é o ponto de partida para um pedido de desculpas oficial da Igreja. O que é realmente importante para nós, é saber se este pedido de desculpas vai traduzir-se em ações reais.” (...)

"O que realmente nos chocou foi quando o Papa estava a falar com os sobreviventes sobre encobrimento e corrupção em Roma e literalmente referiu-se às pessoas envolvidas como “dejetos”. O tradutor também ficou chocado e pediu ao Papa para esclarecer. Francisco fez alguns gestos com as mãos e repetiu: dejetos, aquilo que se faz na casa de banho” (...)

_" Tenho certeza que ele quer que se diga às mães da Irlanda que perderam os seus filhos para adoção que não é pecado ir procurar os filhos. Qualquer ação, mesmo o mais pequeno movimento, significa muito para elas. Esta noite, sinto um pouco mais de esperança no meu coração”. _

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Papa pede ajuda humanitária para o povo de Gaza "cansado da guerra"

Papa Francisco pede desculpa por utilizar termo ofensivo sobre pessoas LGBT

Papa Francisco volta a apelar à paz e lamenta investimentos na produção de armas