Última hora

Última hora

May quer Reino Unido como primeiro investidor do G7 em África

Em leitura:

May quer Reino Unido como primeiro investidor do G7 em África

May quer Reino Unido como primeiro investidor do G7 em África
Tamanho do texto Aa Aa

Um pé de dança e a primeira pedra da "nova parceria" do Reino Unido pós-Brexit com o continente africano: Theresa May chegou à África do Sul com o objetivo declarado de transformar o seu país no primeiro investidor ocidental em África, para compensar as perdas económicas estimadas com a saída da União Europeia.

May: "Até 2022, quero que o Reino Unido se torne no primeiro investidor do G7 em África, com as empresas do setor privado britânico a assumirem a liderança, investindo os milhares de milhões que farão com que as economias africanas cresçam em biliões. Temos as ferramentas para o fazer".

May anunciou um investimento de perto de quatro mil e quinhentos milhões de euros nas economias africanas.

A Cidade do Cabo é a primeira etapa de uma digressão africana que levará depois a primeira-ministra britânica à Nigéria e ao Quénia.