Última hora
This content is not available in your region

May quer Reino Unido como primeiro investidor do G7 em África

euronews_icons_loading
May quer Reino Unido como primeiro investidor do G7 em África
Tamanho do texto Aa Aa

Um pé de dança e a primeira pedra da "nova parceria" do Reino Unido pós-Brexit com o continente africano: Theresa May chegou à África do Sul com o objetivo declarado de transformar o seu país no primeiro investidor ocidental em África, para compensar as perdas económicas estimadas com a saída da União Europeia.

May: "Até 2022, quero que o Reino Unido se torne no primeiro investidor do G7 em África, com as empresas do setor privado britânico a assumirem a liderança, investindo os milhares de milhões que farão com que as economias africanas cresçam em biliões. Temos as ferramentas para o fazer".

May anunciou um investimento de perto de quatro mil e quinhentos milhões de euros nas economias africanas.

A Cidade do Cabo é a primeira etapa de uma digressão africana que levará depois a primeira-ministra britânica à Nigéria e ao Quénia.