Última hora

Última hora

Rússia prepara os maiores exercícios militares desde a Guerra Fria

Em leitura:

Rússia prepara os maiores exercícios militares desde a Guerra Fria

Rússia prepara os maiores exercícios militares desde a Guerra Fria
Tamanho do texto Aa Aa

O exército russo está a organizar aquelas que serão as maiores manobras militares desde o tempo da União Soviética.

O "Vostok 2018" vai levar até a terrenos russos - preparados para ações militares - quase 300 mil soldados e centenas de aeronaves, tanques e outros meios militares.

As tropas da Mongólia e o exército chinês foram convidados a participar.

"Estes são os maiores exercícios militares desde as manobras de Zapad, em 1981. Terão um estatuto de exercícios internacionais e uma escala sem precedentes em termos de território, bem como em termos de número de estruturas de comando e tropas envolvidas.", disse Sergei Shoigú, ministro da Defesa russo, em conferência de imprensa.

Quem não vê com bons olhos estes exercícios militares é a NATO, que diz que não passam de uma preparação para um conflito em grande escala.

"As Vostok demonstram o foco da Rússia em preparar-se para um conflito em larga escala. Isso cabe no modelo que estamos a assistir há algum tempo: uma Rússia mais assertiva, aumentando significativamente o seu orçamento de defesa e a sua presença militar", destacou o porta-voz da NATO à Reuters.

Um desconfiar da NATO que vem de 2014, altura da invasão russa na crimeia, altura também em que a NATO reforçou as forças militares no leste europeu caso houvesse novo conflito.