Última hora

Última hora

Proibição do véu islâmico considerada inválida em Valais

Em leitura:

Proibição do véu islâmico considerada inválida em Valais

Proibição do véu islâmico considerada inválida em Valais
Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Federal da Suíça considerou inválida uma iniciativa para proibir o uso do véu islâmico nas escolas públicas, em Valais. Um parecer que confirma a decisão tomada anteriormente pelo parlamento deste estado soberano.

A proposta do Partido Popular atraiu mais de 4 mil apoiantes em 2016. Um número que aciona automaticamente um voto no parlamento, de acordo com a lei suíça. Após a rejeição por parte do parlamento de Valais , em dezembro de 2017, o partido levou a questão ao Tribunal Federal em Lausanne - a mais alta instância da Suíça.

Não é a primeira vez que debate público sobre o direito ou não ao uso do véu islâmico acontece na Suíça. Os juízes apontaram a iniciativa como sendo contra a liberdade de religião já que o uso do véu islâmico é sinónimo de crença religiosa que é protegida pela constituição. Limitar os alunos das suas crenças iria contra este princípio, disse o tribunal.