Última hora

Última hora

Bagdad promete "medidas severas " em Bassorá

Em leitura:

Bagdad promete "medidas severas " em Bassorá

Bagdad promete "medidas severas " em Bassorá
Tamanho do texto Aa Aa

Um sábado aparentemente calmo em Bassorá, depois dos violentos protestos desta sexta-feira.

Bassorá é uma das cidades iraquianas mas afetadas pela vaga de protestos contra a corrupção e os serviços públicos. Na última semana, pelo menos 12 manifestantes morreram nos confrontos com as forças de segurança.

O chefe do governo iraquiano discursou este sábado no Parlamento e falou sobre a crise na segunda maior cidade do país, onde os manifestantes incendiaram vários prédios públicos, sedes de partidos políticos e o consulado do Irão.

Ao lado dos seus ministros, Haider al-Abadi denunciou “atos de sabotagem política". O primeiro-ministro já tinha dado instruções às forças de segurança para agirem de forma decisiva contra o vandalismo, sublinhando que são precisas medidas "excepcionais e severas".