Última hora

Última hora

Manifestações contra mudança do nome da Macedónia acabam em confrontos

Em leitura:

Manifestações contra mudança do nome da Macedónia acabam em confrontos

Manifestações contra mudança do nome da Macedónia acabam em confrontos
Tamanho do texto Aa Aa

A mudança de nome da Macedónia já é um assunto antigo. Muitos gregos não aceitam que o país vizinho mantenha na designação oficial "Macedónia", uma vez que a Grécia tem uma província com o mesmo nome.

Para acabar com as discussões, os dois países, Grécia e Macedónia, assinalaram, em junho, um acordo para que a antiga República Jugoslava passesse a designar-se "Macedónia do Norte". Ainda sujeita a referendo, a mudança não agrada as partes nacionalistas de ambos os países.

Centenas de gregos decidiram protestar a mudança de nome pelas ruas de Thessaloniki, na Grécia, cidade onde decorria a Feira Internacional de Salónica, onde Alexis Tsipras, primeiro-minsitro do país, discursou.

Na ruas, ouviu-se "Há uma Macedónia e é grega". As manifestações descontrolaram-se no momento em que alguns manifestantes decidiram atear fogo a vários objetos pelas ruas. A polícia interviu com violência e chegou mesmo a usar gás lacrimogéneo sobre as pessoas. Foram detidos cinco manifestantes.

Enquanto a Feira Internacional decorria, Alexis Tsipras discursou e não fez referência aos protestos que estavam a acontecer a metros do edifício do evento. O primeiro-ministro acabou por discursar sobre a economia do país.