Última hora

Última hora

Suspeito da morte de Celia Barquín anunciou intenção de "violar e matar"

Em leitura:

Suspeito da morte de Celia Barquín anunciou intenção de "violar e matar"

Suspeito da morte de Celia Barquín anunciou intenção de "violar e matar"
Tamanho do texto Aa Aa

O corpo de Celia Barquín foi encontrado num lago junto ao campo de golfe onde foi apunhalada no peito e na cabeça até à morte. O suspeito do homicídio, um jovem de 22 anos, terá partilhado com um amigo, há uns dias, a "intenção de violar e matar uma mulher".

"Todos os crimes são perturbadores, sobretudo quando acontecem à luz do dia, no meio de uma zona com visibilidade a toda a volta. Estamos admirados por não haver nenhuma testemunha", declara Geoff Haff, polícia da localidade de Ames.

Celia Barquín, de nacionalidade espanhola, estudava Engenharia Civil na Universidade do Iowa, nos Estados Unidos. Era campeã europeia de golfe amador. No próximo sábado, ia receber o prémio estadual de Atleta do Ano.

"Quando os funcionários lhe disseram que ia receber o prémio no jogo de futebol americano desta semana, ela desatou a chorar. Ficou espantada pelo reconhecimento que o Estado do Iowa lhe ia dar perante 60 mil pessoas. É uma jovem muito especial", afirmou no presente Jamie Pollard, diretor desportivo regional.