Última hora

Última hora

A história do violino Stradivarius de Leonidas Kavakos

Em leitura:

A história do violino Stradivarius de Leonidas Kavakos

A história do violino Stradivarius de Leonidas Kavakos
Tamanho do texto Aa Aa

Ao longo da carreira, Leonidas Kavakos tocou várias vezes com violinos Stradivarius, mas, a verdadeira epifania aconteceu quando experimentou um Stradivarius Willemotte, há mais de duas décadas. Na altura, o violino não estava à venda mas, recentemente, o violinista grego conseguiu comprar o instrumento fabricado em 1734 por Antonio Stradivari.

A euronews entrevistou Leonidas Kavakos. Aqui ficam alguns dos momentos marcantes da entrevista:

"Os violinos são como seres humanos, não esquecemos a cara daqueles que nos interessam".

"Este violino (Stradivarius Willemotte) foi construído tardiamente. É fantástico ver que um homem daquela idade, que viveu até aos 93 anos, construiu instrumentos até ao fim. É um milagre".

"Antonio Stradivari era o único ou um dos poucos fabricantes de violinos que foi famoso em vida. Antonio Stradivari construía instrumentos para a família Medici e recebia comissões enormes das famílias nobres da época. A partir de uma certa idade, ele trouxe o filho para a oficina para ajudá-lo. O que é impressionante é o facto de vermos, às vezes, instrumentos onde não se nota a interferência do filho. É o caso deste instrumento".

"Stradivari fazia muitas experiências, sempre à procura de algo. Ao longo do tempo ele foi mudando a forma de trabalhar. Apesar de ter muito sucesso, ele nunca repetia a mesma ideia. Fazia sempre alterações. É fantástico. Podemos aprender muito com ele".

"Estes instrumentos foram fabricados antes do tempo de Mozart. As orquestras e os concertos eram totalmente diferentes. Os instrumentos têm a mesma caixa, ainda que tenha havido ligeiras mudanças menores, que nos ajudam a tocar sem microfone nas salas de concertos, com grandes orquestras".

"É impressionante porque é similar ao que acontece com os seres humanos. Há uma química, uma interação e uma energia que flui entre os dois lados, o que cria uma atmosfera especial. É essa a qualidade de um grande instrumento".

Mais sobre musica