Última hora

Última hora

Irmãos Abe fazem história no Judo

Em leitura:

Irmãos Abe fazem história no Judo

Irmãos Abe fazem história no Judo
Tamanho do texto Aa Aa

Era a maior dúvida do segundo dia dos mundiais de judo que decorrem em Baku, no Azerbaijão.

Seria a japonesa Uta Abe e o irmão mais velho, Hifumi Abe, capazes de fazer história na modalidade ao tornarem-se os primeiros irmãos a conquistar títulos mundiais no mesmo dia?

Começou primeiro Uta Abe, na categoria de -52 quilos. A japonesa apresentou um judo de alto nível e foi eliminando as adversárias, incluindo a número um do mundo, a francesa Amandine Buchard que não se conseguiu livrar de uma chave de braço.

Na final, Uta Abe enfrentou a campeã em titulo, a compatriota Ai Shishime, e com um Uchi Mata, garantiu a vitória por ippon.

Tornou-se campeã do mundo pela primeira vez.

Metade do que poderia ser histórico estava feito, faltava ver o que fazia o irmão.

Hifumi Abe começou confiante. Os adversários e as vitórias sucediam-se.

Dois waza aris frente ao ucraniano Zantaraia deram o impulso para uma final em que se revelou demolidor.

Contra Yerlan Serikzhanov, do Casaquistão, Abe respondeu com um Uchi Mata ao ataque do adversário e escreveu a segunda parte de um capitulo histórico na modalidade.

Pela primeira vez um irmão e uma irmã conquistaram a medalha de ouro, no mesmo dia, nuns Mundiais de judo.

Já lado a lado, com as respetivas medalhas, Uta Abe revelou que "este era um dos meus objetivos, dos nossos objetivos, ganharmos juntos os Mundiais. E ter conseguido alcançá-lo é uma grande honra para mim".

Hifumi Abe também se mostrou orgulhoso por ter conseguido renovar o título mundial.

"O meu primeiro objetivo era ser bicampeão do mundo, mas o mais importante para mim era ganhar com a minha irmã. Estou muito orgulhoso dela e, mesmo sendo minha irmã, respeito-a muito enquanto judoca.

As portuguesas Joana Ramos e Mariana Esteves (-52 kgs) e João Crisóstomo (-66 kgs) foram derrotados nas eliminatórias.

Telma Monteiro (- 57 kgs), Jorge Fernandes e Nuno Saraiva (-73 kgs) lutam este sábado.