A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Exército mexicano invade Acapulco para substituir polícia local

Exército mexicano invade Acapulco para substituir polícia local
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O exército mexicano, fuzileiros navais e soldados, entraram em ação na cidade de Acapulco depois de dois oficiais da polícia, acusados de homicídio, terem sido detidos. As detenções levantaram suspeitas de que a rede criminosa dentro da polícia fosse muito maior. Decidiram portanto substituir a polícia local pelo exército.

A cidade de Acapulco tem a taxa de homicídios mais alta do México. Pertence ao estado de Guerrero, é uma das regiões mais perigosas do país.

Na zona onde existem plantações de papoila, que servem muitos dos carteis mexicanos, o que torna Acapulco num constante palco de assassinatos.

As suspeitas de uma alegada relação entre a polícia e gangues levou a que o governo acionasse o exército para que este atuasse no terreno.

Todos os oficiais da polícia da cidade estão sob investigação e foram desarmados.