Última hora

Última hora

Tiroteio na Cisjordânia mata dois israelitas

Em leitura:

Tiroteio na Cisjordânia mata dois israelitas

Tiroteio na Cisjordânia mata dois israelitas
Tamanho do texto Aa Aa

Duas pessoas morreram e uma ficou ferida, num tiroteio em Barqan, na Cisjordânia, este domingo. As vítimas, Kim Levengrond Yehezkel, 29 anos, e Ziv Hagbani, 35 anos são israelitas, perderam a vida na sequência dos disparos. Uma mulher de 54 anos sobreviveu e está em estado estável. O atirador é palestiniano e, com apenas alguns disparos, feriu um símbolo da coexistência entre os dois povos.

No Parque Industrial de Barqan trabalham 4200 palestinianos e 3 mil israelitas. O atirador conseguiu fugir, mas foi identificado como um dos empregados.

Ainda não se sabe por que disparou sobre os colegas, mas o incidente foi considerado pelas autoridades um ataque terrorista, com o qual o Hamas já se congratulou. Em comunicado, o partido radical islâmico afirmou tratar-se de "um novo capítulo na luta do povo palestiniano e uma mensagem aos jovens da Cisjordânia e de Gaza que estão sob cerco".