A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Dia de protestos em Gaza marcado por surto de violência

Dia de protestos em Gaza marcado por surto de violência
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Gaza assistiu a um novo surto de violência na passada sexta-feira - um dia de protestos em massa na fronteira com Israel.

Aproximadamente 20 mil pessoas participaram nestes protestos e sete palestinianos acabaram por ser abatidos pelas autoridades israelitas.

Entre o número de mortos encontram-se dois menores, de 12 e 14 anos. Mais de 500 pessoas ficaram feridas e, segundo fontes médicas palestinianas, três estão em estado grave.

Os manifestantes queimaram pneus e lançaram granadas e explosivos contra os soldados, que responderam "com meios de dispersão", disse o Exército israelita num comunicado.

Mais de 190 palestinianos já morreram desde o início dos protestos a 30 de março. Exigem o direito de regresso aos territórios dos quais foram expulsos ou tiveram de fugir.

Segundo o Hamas este dia assinalou também o 18º aniversário do lançamento da última revolta palestiniana contra Israel.