Última hora
This content is not available in your region

Florida enfrenta furacão potencialmente "mortífero"

euronews_icons_loading
Florida enfrenta furacão potencialmente "mortífero"
Tamanho do texto Aa Aa

Com achegada do furacão Michael, as autoridades dos Estados Unidos aconselharam vivamente meio milhão de pessoas a retirarem-se para zonas afastadas das áreas costeiras ao longo dos 322 km de extensão das regiões de Panhandle e Big Bend, na Florida.

O furacão deve atingir terra, durante esta quarta-feira, com ventos fortes, chuvas torrenciais e provocar enchentes perigosas.

As autoridades alertaram que será uma tempestade que coloca em risco a vida das pessoas.

"O momento para nos prepararmos é agora. Esta tempestade é perigosa e, se não se seguir os avisos das autoridades, esta tempestade pode matar," alertou o Governador da Florida, Rick Scott.

O furacão Michael pode atingir uma força de categoria 4. Enquanto avançava para o norte, através do Golfo do México, provocou grandes perturbações na produção de petróleo e gás nos EUA.

O furacão Michael, que já passou por Cuba com a categoria 1, levou à ilha ventos fortes, mar muito agitado e provocou grandes inundações.

No fim de semana, com a tempestade formada ao largo da costa norte das Honduras, 13 mortes foram registadas na América Centra.

Depois de atingir a Florida, está previsto que furacão Michael suba a costa leste dos Estados Unidos.