EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Arábia Saudita ameaça retaliar sanções por causa de jornalista desaparecido

Arábia Saudita ameaça retaliar sanções por causa de jornalista desaparecido
Direitos de autor 
De  Pedro Sacadura com Reuters, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Jamal Khashoggi entrou a 2 de outubro no consulado do país na Turquia mas não voltou a ser avistado. Donald Trump ameaçou "punir severamente" Riade em caso de envolvimento saudita.

PUBLICIDADE

Do jornalista Jamal Khashoggi, uma voz crítica de Riade, até à data, nem sinal. Continua desaparecido desde que entrou no consulado da Arábia Saudita, em Istambul, a 2 de outubro.

O país defende-se das acusações de rapto ou assassinato e fez saber que haverá retaliações caso a Arábia Saudita seja alvo de sanções económicas por parte de outras nações.

Um aviso em tom de recado que surge depois de o Presidente dos EUA, Donald Trump, ter prometido uma "punição severa" contra os sauditas, a confirmar-se a versão de assassinato no interior do consulado, como avança a Turquia.

Jamal, antigo assessor do Governo saudita, vivia desde o ano passado nos EUA. Rumou ao consulado na Turquia para obter documentos para se casar mas a noiva diz que não voltou mais a aparecer.

Numa declaração conjunta, o Reino Unido, França e Alemanha apelaram às autoridades sauditas para desenvolverem uma "investigação credível" sobre o caso.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"

Homem imolou-se no exterior do tribunal onde Donald Trump está a ser julgado