A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Comissão Europeia rejeita OE italiano para 2019

Comissão Europeia rejeita OE italiano para 2019
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Bruxelas rejeitou o documento do Orçamento do Estado italiano para 2019 e pediu a Roma que apresente uma nova proposta nas próximas três semanas.

"O projeto de Orçamento do governo italiano representa um desvio claro e intencional."

Pierre Moscovici Comissário Europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros

Segundo a Comissão Europeia, o projeto apresentado quebra, de uma forma"sem precedentes", as regras europeias.

O anúncio foi feito esta terça-feira, por Pierre Moscovici, comissário Europeu para os assuntos económicos e Financeiros.

"A Comissão Europeia não contesta nem as prioridades italianas, nem a legitimidade para governar país.", admitiu o comissário. "No entanto, a resposta que o governo italiano nos deu, não dá mais detalhes para as 3 perguntas que fazemos: o défice estrutural, a dívida e o crescimento futuro.", disse Moscovici.

O comissário, mais tarde. partilhou a notícia através das redes sociais. Escreveu: "A decisão tomada hoje não deve surpreender ninguém, porque o projeto de Orçamento do governo italiano representa um desvio claro e intencional dos compromissos assumidos pela Itália em julho passado.".

Numa outra publicação, continuou a ideia. "No entanto, a nossa porta não está a fechar: queremos continuar o diálogo construtivo com as autoridades italianas. (...)

O projeto, que tem andado na ribalta política entre Comissão Europeia e Matteo Salvini, é agora reprovado.

Roma tem três semanas para apresentar uma nova proposta para o Orçamento do Estado para 2019.