Última hora

Última hora

Trump ameaça desenvolver armamento nuclear

Trump ameaça desenvolver armamento nuclear
Tamanho do texto Aa Aa

Depois da ameaça de sair do acordo nuclear, uma nova ameaça. Donald Trump deixa o aviso à Rússia e a todos os países que pretendam reforçar o armamento nuclear: os Estados Unidos não vão ficar atrás.

Três décadas após a assinatura do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermédio, Estados Unidos e Rússia voltam a admitir a possibilidade de desenvolver armamento nuclear.

"A Rússia não aderiu ao acordo. Isto devia ter sido feito há anos. Até as pessoas caírem em si, nós temos mais dinheiro que toda a gente, de longe. Vamos fortalecer-nos até caírem em si. Quando isso acontecer, vamos todos ser inteligentes e vamos todos parar. É uma ameaça a todos, à China, à Rússia. É uma ameaça a quem quiserem e isso inclui a China, inclui a Rússia e quem quiser jogar este jogo", afirmou o presidente norte-americano aos jornalistas.

John Bolton está em Moscovo para falar com o ministro dos negócios estrangeiros da Rússia. Sergei Lavrov espera que o conselheiro de Trump para a segurança nacional o esclareça sobre as intenções dos Estados Unidos. Um clima de negociações que se adivinha tenso, depois de Bolton ter aconselhado o presidente norte-americano a sair do acordo nuclear. Nesta guerra fria, o Kremlin já prometeu medir forças com Washington.