Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Crise migratória na América do Sul é "chocante", diz Angelina Jolie

Crise migratória na América do Sul é "chocante", diz Angelina Jolie
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A enviada especial das Nações Unidas paras os Refugiados, Angelina Jolie, afirma que o êxodo de centenas de milhar de pessoas da Venezuela criou uma crise na América do Sul que era, nas suas palavras, "previsível e evitável".

"Isto não é um movimento feito por escolha própria"

Angelina Jolie Enviada Especial da ONU para os Refugiados

Angelina Jolie descreveu a situação como "chocante".

"Após ter falado com muitas pessoas, tornou-se claro, muito claro, que isto não é um movimento feito por escolha própria. Os venezuelanos que conheci não foram para norte em direção aos Estados Unidos mas foram para o Perú, Muitos foram também para a Colômbia e Equador, países muito generosos nesta altura crucial", disse Jolie no termo de uma visita de três dias ao Perú durante a qual testemunhou em pessoa as condições em que vivem os refugiados venezuelanos em Lima.

Segundo as Nações Unidas cerca de dois milhões de pessoas abandonaram a Venezuela desde 2015. Cerca de 400 mil venezuelanos encontram-se agora no Perú.

O governo venezuelano rejeita a existência de uma crise migratória alegando que o país se encontra sob ataque.