EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Filha de Angelina Jolie e Brad Pitt pede para retirar o apelido do pai do seu nome

Filha de Angelina Jolie e Brad Pitt pede para retirar o apelido do pai do nome
Filha de Angelina Jolie e Brad Pitt pede para retirar o apelido do pai do nome Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Jonny Walfisz
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

A filha biológica mais velha dos atores, Shiloh, pediu que o apelido do pai fosse retirado do seu nome assim que completou 18 anos. Outros filhos dos atores foram também mencionados em eventos públicos apenas com o apelido de Angelina.

PUBLICIDADE

Anteriormente conhecida como Shiloh Jolie-Pitt, a filha dos atores Angelina Jolie e Brad Pitt pediu para retirar o apelido do pai do nome, ficando apenas com o da mãe. O pedido foi feito assim que a jovem completou 18 anos, no dia 27 de março, e deverá ser aceite nas próximas semanas.

Uma fonte próxima de Pitt disse à revista norte-americana People que o ator “está ciente e chateado com o facto de Shiloh ter pedido para que o seu apelido fosse retirado. Ele nunca sentiu tanta alegria como quando ela nasceu. Ele sempre quis ter uma filha". Embora Shiloh seja a primeira filha biológica de Pitt e Jolie, os atores tinham anteriormente adotado Maddox e Zahara.

"As lembranças de que perdeu os seus filhos não são fáceis para Brad. Ele adora os seus filhos e sente a falta deles. É muito triste", continuou a fonte. Outra fonte também disse à People: "Ele ainda ama todos os seus filhos tremendamente", e que "todo este processo tem sido muito difícil para toda a família".

Mas porque é que Shiloh quis deixar de usar o apelido do pai?

Brad Pitt e Angelina Jolie, de 60 e 49 anos, respetivamente, têm seis filhos, três deles biológicos e outros três adotados. Os atores deram que falar desde o início da relação, quando Pitt ainda era casado com Jennifer Anniston, em 2005, e se terá envolvido com Jolie durante as gravações do filme Sr. & Sra. Smith, onde os dois eram protagonistas.

Angelina Jolie, terceira à direita, e os seus filhos, a partir da esquerda, Pax Jolie-Pitt, Shiloh Jolie, Vivienne Jolie-Pitt, Zahara Jolie-Pitt e Knox Jolie-Pitt em 2019
Angelina Jolie, terceira à direita, e os seus filhos, a partir da esquerda, Pax Jolie-Pitt, Shiloh Jolie, Vivienne Jolie-Pitt, Zahara Jolie-Pitt e Knox Jolie-Pitt em 2019Willy Sanjuan/Invision

Em 2014, Pitt e Jolie casaram-se e passaram a ser oficialmente conhecidos como o casal mais poderoso de Hollywood. No entanto, em 2016 o casal conhecido por “Brangelina” anunciou que estava separado e que Jolie tinha pedido divórcio, cujo processo só foi finalizado em 2019.

Com Brad e Jolie separados, os filhos parecem ter-se começado a afastar do ator. Para além de Shiloh, a outra filha biológica dos atores, Vivienne, de 15 anos, terá sido referida no cartaz do novo musical 'The Outsiders', produzido por Jolie, apenas como Vivienne Jolie. Também Zahara, de 19 anos, terá aparecido com o nome Zahara Marley Jolie numa apresentação numa república universitária que foi gravada e publicada nas redes sociais.

O motivo pelo qual Shiloh, que, até então, foi a única filha dos atores a pedir que o apelido do pai fosse retirado do seu nome, se distanciou de Pitt não é totalmente conhecido. Pode, contudo, estar relacionado com as acusações que Jolie fez contra Pitt, depois deste se ter recusado a permitir que a atriz vendesse a sua parte da adega no sul de França, que pertencia aos dois, sem assinar um acordo de confidencialidade.  

Jolie apresentou uma queixa judicial contra Pitt, descrevendo os abusos físicos e verbais de que foi vítima quando a família viajava de França para a Califórnia. "Pitt sufocou uma das crianças e bateu na cara de outra" e "agarrou Jolie pela cabeça e sacudiu-a", pode ler-se nas queixas apresentadas pela atriz. Brad Pitt foi ilibado das acusações de violência doméstica, apesar de ter admitido problemas com álcool.

Jolie e a filha Shiloh recorreram a apoio psicológico, após o divórcio, para ultrapassar os alegados incidentes com Pitt. "Tínhamos muito para resolver. Ainda estamos a encontrar o nosso equilíbrio”, contou a atriz à Vogue.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Angelina Jolie visitou crianças órfãs em Lviv

Angelina Jolie vende quadro de Churchill

Crise migratória na América do Sul é "chocante", diz Angelina Jolie