EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

É oficial! Angelina Jolie pede o divórcio a Brad Pitt

É oficial! Angelina Jolie pede o divórcio a Brad Pitt
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com TMZ, New York Post
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A atriz terá alegado a proteção dos seis filhos do casal para pôr fim a uma relação com pouco mais de uma década.

PUBLICIDADE

Angelina Jolie cansou-se e na segunda-feira meteu os papéis no tribunal a pedir o divórcio de Brad Pitt. A atriz, de 41 anos, terá alegado a proteção dos seis filhos do casal — três adotados — para pôr fim a uma relação com pouco mais de uma década, iniciada durante a rodagem do filme “Mr. & Mrs. Smith” (2005).

Angelina Jolie & Brad Pitt — See the Divorce Docs https://t.co/K5AxoiKxsd

— TMZ (@TMZ) 20 de setembro de 2016

(Angelina Jolie & Brad Pitt: Veja os documentos do divórcio.)

Na altura, a relação transferida do grande ecrã para a vida real por Jolie e Pitt levou à separação do ator, hoje com 52 anos, da também atriz Jennifer Aniston, agora com 47. As notícias desta nova separação na vida de Pitt fizeram o divórcio com Aniston voltar em força às redes sociais da internet.

A rubrica social ‘Page Six’, do jornal norte-americano New York Post, lançou, entretanto, o rumor de que uma nova atriz se estaria a intrometer na vida conjugal de Brad Pitt. A “estória” sugere que o ator e a francesa Marion Cotillard, de 40 anos, se teriam envolvido durante as filmagens, em Londres, de “Aliados” (trailer em baixo), um novo filme com estreia em Portugal e no Brasil marcada para 1 de dezembro.

Jolie teria “desconfiado de que o marido andava ‘enrolado’ com ela (Cotillard) e parece que era verdade”, contou uma fonte ao “The Post”, citado esta terça-feira, acrescentando: “Foi a última gota.”

EXCLUSIVE: Angelina dumped Brad after a private investigator uncovered his affair with Marion Cotillard https://t.co/j4KJ7TXLeOpic.twitter.com/Lwzopc8FZt

— Page Six (@PageSix) 20 de setembro de 2016

(EXCLUSIVO: Angelina despachou Brad Pitt após detetive privado
descobrir o envolvimento com Marion Cotillard.)

É tudo por causa dos filhos, diz o TMZ

O jornal digital TMZ, especializado na vida social dos artistas e conhecido por dar diversas notícias em primeira mão (as mortes de Michael Jackson, em 2009, e de Prince, já este ano, por exemplo), contrapõe no entanto que “Angelina Jolie não pediu o divórcio por causa dos rumores de que Brad Pitt andava envolvido com Marion Cotillard”. “É tudo por causa do Brad e dos seis filhos deles”, garante. > Angelina Jolie and Brad Pitt — It's About Their Kids, NOT That Actress https://t.co/kXXmPYn614

— TMZ (@TMZ) 20 de setembro de 2016

(Angelina Jolie & Brad Pitt: É por causa dos filhos, não dessa atriz.)

O TMZ cita fontes “com conhecimentos intímos da situação” e adianta ter mais do que uma pessoa a reforçar a “estória” de que “Angelina chegou ao limite na passada semana por causa do consumo de erva e álcool de Brad”. “Isso, combinado com o que ela diz serem os momentos de ira de Brad, levou a interação dele com as crianças a tornar-se num problema sem retorno para ela”, garante.

O jornal acrescenta que até ao momento não foi aflorada qualquer possibilidade de Brad Pitt recorrer a reabilitação e que a atriz estará a pedir a custódia total dos seis filhos do casal: os três adotados, Maddox, Pax e Zahara; e os três biológicos, Shiloh e os gémeos Knox e Vivienne.

Guterres y Jolie Pitt intervienen ante el Consejo de Seguridad de la ONU sobre #Siriahttp://t.co/pxl1MLGCV3pic.twitter.com/cRLJvszv6C

— Acnur/Unhcr Américas (@ACNURamericas) 25 de abril de 2015

O casal já estaria separado há alguns meses e não só por causa dos compromissos profissionais do ator ou humanitários da também embaixadora do Agência da ONU para os Refugiados (ACNUR), onde chegou a trabalhar ao lado do português António Guterres, o ex-Alto Comissário da ACNUR, entretanto substituído pelo italiano Filippo Grandi.

No ano passado, Brad Pitt e Angelina Jolie contracenaram no filme “Junto ao Mar” (trailer em baixo), numa realização da própria atriz sobre um casal em problemas que tenta reaproximar-se em França. Na altura, Jolie admitia que todos os casais têm problemas e que ela e Pitt não fugiam à regra.

Afinal, parece que a ficção se tornou mesmo realidade e desta vez não há volta a dar à história, o que há é uma fortuna avaliada em mais de 350 milhões de euros para dividir.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Shakira e Piqué confirmam separação

Angelina Jolie visitou crianças órfãs em Lviv

Bill e Melinda Gates anunciam divórcio