Última hora

Última hora

Funeral "digno" para crianças enterradas em vala comum na República da Irlanda

Em leitura:

Funeral "digno" para crianças enterradas em vala comum na República da Irlanda

Funeral "digno" para crianças enterradas em vala comum na República da Irlanda
Tamanho do texto Aa Aa

Vai ter início uma operação para exumar e identificar os restos mortais de crianças sepultadas numa vala comum, num antiga casa de acolhimento para mães solteiras, na República da Irlanda.

Vão ser feitas escavações na instituição católica, "Bon Secours", em Tuam, que foi encerrada em 1961. Os testes forenses vão permitir identificar as crianças, para que cada uma tenha um funeral "digno".

A ministra da Infância e Juventude da Irlanda, Katherine Zappone diz que pretende esclarecer para que não haja dúvidas. Adianta que estão a ser feitos todos os esforços para localizar e recuperar todos os restos mortais das crianças no local. Que é esse o objetivo final e que esta operação é a forma mais correta de o fazer."

O orfanato de Tuam, dirigido por freiras católicas, foi uma instituições que, no século passado, acolheu aproximadamente 35 mil mulheres. O escândalo rebentou em 2014. O governo irlandês criou uma comissão para averiguar a morte de, pelo menos, 800 crianças na instituição para mães solteiras - operacional entre 1925 e 1961.