Última hora

Última hora

Bolsonaro garante que não vai retirar Brasil de Acordo de Paris

Em leitura:

Bolsonaro garante que não vai retirar Brasil de Acordo de Paris

Bolsonaro garante que não vai retirar Brasil de Acordo de Paris
Tamanho do texto Aa Aa

Tem sido uma voz crítica da imprensa mas Jair Bolsonaro mostra-se adepto da agenda ambiental, pelo menos em teoria.

O candidato do Partido Social Liberal (PSL) à Presidência do Brasil sublinhou que o país poderia alcançar as metas do Acordo de Paris sobre as alterações climáticas sem aderir ao pacto mas que, em caso de vitória, o vai manter como signatário, não seguindo as pisadas de Donald Trump.

"Vamos colocar em papel que não está em jogo o 'Triplo A' nem a independência de terras indígenas. Eu assino, ou melhor, eu mantenho o Acordo de Paris. (...) Caso essa seja a vontade de Deus e no próximo domingo eu vencer as eleições espero, a partir do ano que vem, como Presidente da República e chefe supremo das Forças Armadas dar um 'ippon' na corrupção, na violência e na ideologia", sublinhou Bolsonaro.

Mestre nas artes do combate político recebeu um cinto preto de dois veteranos do Jiu-jitsu num gesto que simbolizou a vitória contra a morte depois de ser esfaqueado em Minas Gerais.

Um estimulo e um apelo ao voto para o triunfo no tatame da segunda volta das presidenciais.