A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

CDU vence no estado de Hesse, mas sofre forte queda

CDU vence no estado de Hesse, mas sofre forte queda
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A CDU, o partido liderado pela chanceler alemã, Angela Merkel, venceu hoje as eleições deste domingo no estado de Hesse.

De acordo com a sondagem à boca das urnas da ARD, o atual primeiro-ministro de Hesse e candidato da CDU, Volker Bouffier, obteve 28 por cento dos votos, mas desceu cerca de 10 pontos em relação às últimas eleições, realizadas em 2013, nas quais obteve então 38,3%.

Apesar do âmbito regional do sufrágio, Hesse concentra mais de seis milhões de alemães e acolhe o 'coração financeiro' do país em Frankfurt. Por isso, esta votação ganhou um inusitado peso político a nível nacional, reforçado com o sentimento de insatisfação generalizado com a grande coligação nacional de CDU e SPD.

O seu parceiro de coligação nacional, o SPD, terá conseguido segurar o segundo lugar na votação, com o candidato Thorsten Schafer-Gumbel a obter 20%, mas caiu também mais de dez pontos percentuais face a 2013 e ficou praticamente empatado com os Verdes.

A formação partidária que apostava em Tarek Al-Wazir, ministro da Economia de Hesse, foi uma das grandes vencedoras da noite, ao atingir os 19,5%, muito acima dos 11,1% registados no anterior sufrágio.

Por fim, o partido de direita radical Alternativa para a Alemanha registou 12 por cento e passa a estar representado em todos os estados alemães.

Perante estes resultados, a CDU tem caminho aberto para continuar a governar o estado de Hesse em coligação com os Verdes, mas outros entendimentos poderão não ser descartados. Todavia, não deixa de ser mais um golpe na já frágil situação da CDU e da coligação liderada por Angela Merkel.