Última hora

Última hora

CDU vence no estado de Hesse, mas sofre forte queda

Em leitura:

CDU vence no estado de Hesse, mas sofre forte queda

CDU vence no estado de Hesse, mas sofre forte queda
Tamanho do texto Aa Aa

A CDU, o partido liderado pela chanceler alemã, Angela Merkel, venceu hoje as eleições deste domingo no estado de Hesse.

De acordo com a sondagem à boca das urnas da ARD, o atual primeiro-ministro de Hesse e candidato da CDU, Volker Bouffier, obteve 28 por cento dos votos, mas desceu cerca de 10 pontos em relação às últimas eleições, realizadas em 2013, nas quais obteve então 38,3%.

Apesar do âmbito regional do sufrágio, Hesse concentra mais de seis milhões de alemães e acolhe o 'coração financeiro' do país em Frankfurt. Por isso, esta votação ganhou um inusitado peso político a nível nacional, reforçado com o sentimento de insatisfação generalizado com a grande coligação nacional de CDU e SPD.

O seu parceiro de coligação nacional, o SPD, terá conseguido segurar o segundo lugar na votação, com o candidato Thorsten Schafer-Gumbel a obter 20%, mas caiu também mais de dez pontos percentuais face a 2013 e ficou praticamente empatado com os Verdes.

A formação partidária que apostava em Tarek Al-Wazir, ministro da Economia de Hesse, foi uma das grandes vencedoras da noite, ao atingir os 19,5%, muito acima dos 11,1% registados no anterior sufrágio.

Por fim, o partido de direita radical Alternativa para a Alemanha registou 12 por cento e passa a estar representado em todos os estados alemães.

Perante estes resultados, a CDU tem caminho aberto para continuar a governar o estado de Hesse em coligação com os Verdes, mas outros entendimentos poderão não ser descartados. Todavia, não deixa de ser mais um golpe na já frágil situação da CDU e da coligação liderada por Angela Merkel.