EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

O último "treino" antes da maior regata transatlântica

O último "treino" antes da maior regata transatlântica
Direitos de autor 
De  Vincent Ménard
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Fomos conhecer um dos velejadores que vão participar na Route du Rhum, a prova que atravessa o oceano atlântico

PUBLICIDADE

No Insight desta semana, fomos conhecer Romain Attanasio. Nascido no coração dos Alpes há 41 anos, numa família de esquiadores, foi a família que lhe entregou a chave do sonho agora real. Exilado na Grã-Bretanha, Romain não resistiu ao chamemento que o mar lhe fez.

Romain Attanasio aprendeu o que sabe com grandes nomes da vela, como Michel Desjoyeaux e Franck Cammas. Mas o início foi difícil. Na primeira corrida que fez em alto mar, a embarcação virou e Romain teve que ser resgatado. Desde então, tem conseguido lugares de mérito nas principais provas mundiais.

No ano passado, completou a primeira volta ao mundo sem parar e sem assistência ao longo da viagem. Depois desse "Evereste dos mares", como é conhecido, diz estar pronto para este desafio lendário, a Route du Rhum.

Romain Attanasio levou-nos a bordo do próprio veleiro para a última regata antes do início da Route du Rhum, a maior corrida transatlântica.

A 4 de Novembro, a frota partirá de Saint-Malo, no norte de França, para um percurso de 3510 milhas náuticas, ou seja 6.500 quilómetros. Após a saída do Canal, os competidores terão que atravessar o perigoso Golfo da Biscaia, para atravessar o arquipélago dos Açores.

Está previsto que o recorde do evento seja batido, até porque a tecnologia evoluiu muito desde a última Route du Rhum, há quatro anos.

Site oficial da Route du Rhum

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Paris 2024: previsões do quadro de medalhas, factos, programa do dia de abertura e quais os recordes que poderão ser batidos

Paris 2024: Exclusão dos homens da natação artística levanta questões sobre Jogos com igualdade de género

Chama olímpica ilumina a parada militar do Dia da Bastilha em França