EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Angela Merkel diz que projeto de paz europeia está em risco

Angela Merkel diz que projeto de paz europeia está em risco
Direitos de autor 
De  João Paulo Godinho com AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A chanceler alemã realçou as ameaças colocadas pelo reaparecimento de movimentos nacionalistas e populistas no Velho Continente.

PUBLICIDADE

A primeira edição do Fórum para a Paz, organizado em Paris pelo presidente francês Emmanuel Macron, ficou marcado pelo alerta de Angela Merkel para as ameaças à paz europeia.

Sob o olhar atento de António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, a chanceler da Alemanha declarou o nacionalismo e o populismo como principais riscos.

Num dia marcado pelas comemorações do centenário do armistício que acabou com a I Guerra Mundial, Angela Merkel realçou a importância de uma resposta global aos desafios.

"Por exemplo, há a preocupação de que o pensamento nacionalista está a aumentar e que, mais uma vez, ações podem ser tomadas como se simplesmente pudéssemos ignorar a nossa interdependência mútua, relações e interconexões", começou por afirmar a chanceler germânica. 

O apelo de Angela Merkel foi bem recebido pelos mais de 60 chefes de estado internacionais e por cerca de três dezenas de organizações, tais como o Fundo Monetário Internacional, representado pela diretora Christine Lagarde.

Igualmente presente esteve o Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, que terminou este domingo a visita de dois dias a Paris por ocasião do centenário do fim da Grande Guerra.

"Notamos que a cooperação internacional, a reconciliação pacífica de interesses, até mesmo o Projeto Europeu de Paz está a ser novamente questionado. E notamos também uma preparação para impor o próprio interesse pela força, na pior das hipóteses", concluiu Angela Merkel.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Merkel discursa em Estrasburgo esta terça-feira

Presidente da Câmara de Paris nada nas águas do rio Sena

Chama olímpica ilumina a parada militar do Dia da Bastilha em França