Última hora
This content is not available in your region

Horst Seehofer sai da liderança da CSU na Baviera

euronews_icons_loading
Horst Seehofer sai da liderança da CSU na Baviera
Tamanho do texto Aa Aa

Horst Seehofer vai deixar de ser líder da CSU, o aliado da União Democrática Cristã de Angela Merkel na Baviera. A intenção já tinha sido dada a conhecer durante o fim de semana, mas foi oficializada perante os jornalistas esta segunda-feira num evento na Saxónia.

Após uma década à frente dos conservadores bávaros, o político, de 69 anos, decidiu abrir espaço à renovação no partido.

"Vou renunciar ao cargo de presidente da CSU. A decisão está tomada. Ainda estamos a conversar sobre o timing da renúncia, mas informaremos esta semana o público sobre o cronograma", revelou.

Horst Seehofer faz igualmente parte do governo de Angela Merkel como ministro do Interior e garantiu que se mantém no cargo, apesar da decisão de sair da liderança da CSU.

"O meu trabalho como ministro do interior não sai minimamente afetado por esta decisão e assim vai continuar. Não há necessidade de qualquer esclarecimento. Sou ministro do interior e vou continuar a exercer o cargo."

O governante estava já sob pressão para se demitir da liderança, depois de o partido ter perdido a maioria absoluta na Baviera nas eleições do passado mês de outubro.

Seehofer segue assim o caminho de Angela Merkel, que este mês anunciou também a sua saída do comando da CDU e que o atual mandato como chanceler, que termina em 2021, será mesmo o seu último à frente dos destinos da Alemanha.