Última hora

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condena a Rússia

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condena a Rússia
Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou a Rússia pelas detenções de Alexei Navalny, principal opositor do presidente Vladimir Putin.

A Rússia foi condenada a pagar uma indemnização de cerca de 64 mil euros a Navalny. O opositor de Putin congratulou-se por ter sido considerado um preso político: "O Tribunal Europeu reconhece que as detenções e as perseguições tiveram uma motivação política. Isto é muito importante não só para mim como para as outras pessoas que são detidas na Rússia todos os dias".

O Tribunal Europeu ordenou à Rússia que altere a legislação, de forma a contemplar o direito à realização de manifestações pacíficas.

A decisão não permite recurso e tem um caráter obrigatório para a Rússia, enquanto membro do Conselho da Europa, mas Moscovo tem adiado a aplicação de decisões anteriores do Tribunal.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.