Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condena a Rússia

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condena a Rússia
Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou a Rússia pelas detenções de Alexei Navalny, principal opositor do presidente Vladimir Putin.

A Rússia foi condenada a pagar uma indemnização de cerca de 64 mil euros a Navalny. O opositor de Putin congratulou-se por ter sido considerado um preso político: "O Tribunal Europeu reconhece que as detenções e as perseguições tiveram uma motivação política. Isto é muito importante não só para mim como para as outras pessoas que são detidas na Rússia todos os dias".

O Tribunal Europeu ordenou à Rússia que altere a legislação, de forma a contemplar o direito à realização de manifestações pacíficas.

A decisão não permite recurso e tem um caráter obrigatório para a Rússia, enquanto membro do Conselho da Europa, mas Moscovo tem adiado a aplicação de decisões anteriores do Tribunal.