A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Irlanda quer fechar o capítulo do Brexit

Irlanda quer fechar o capítulo do Brexit
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

É o momento de virar a página. Para o primeiro-ministro irlandês, é hora de "selar o acordo" para o Brexit que resultará, num relacionamento profundo e próximo com o Reino Unido. É altura de construir pontes, não fronteiras, frisou numa conferência do seu partido, ainda que a Irlanda permaneça no coração da União Europeia:

"O nosso único limite foi sempre o da proteção do Acordo de Sexta-feira Santa: a paz na Grã-Bretanha e na Irlanda, a partilha de poderes na Irlanda do Norte, uma cooperação cada vez mais estreita entre o Norte e o Sul sem fronteiras físicas", afirmou o chefe do executivo irlandês.

O Brexit está cada vez mais perto mas há membros do governo britânico que acreditam que ainda há espaço para mudanças que tornem o acordo mais positivo para o Reino Unido.

"Ainda há um potencial a ser desenvolvido no que diz respeito ao esclarecimento e a algumas das medidas contidas no acordo. É aí que espero poder ajudar. Acho que o Reino Unido não pode ficar preso a um acordo alfandegário permanente", explica Andrea Leadsom, a líder da Casa dos Comuns.

Theresa May ainda terá pela frente, no parlamento britânico, aquele que poderá ser o maior confronto, nas longas negociações para deixar a UE, e que representa a maior mudança na política externa e comercial da Grã-Bretanha, em mais de 40 anos.