Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Novo referendo só no futuro diz o líder trabalhista

Novo referendo só no futuro diz o líder trabalhista
Tamanho do texto Aa Aa

O líder do Partido Trabalhista assumiu, em entrevista à Sky News, que um segundo referendo, será mais para um regresso à União Europeia, já que essa é uma "opção para o futuro, mas não (...) para agora". Jeremy Corbyn garantiu que, no parlamento, o seu partido votará contra o acordo que será proposto por Theresa May:

''Vamos votar contra esse acordo porque não concordamos com ele. Não acreditamos que sirva os interesses deste país. O governo deveria recuar e renegociar, rapidamente, com a União Europeia", garantiu o principal líder da oposição britânica.

Também a primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, frisou a sua oposição ao projeto, dizendo, desta vez à BBC, que seria um erro e profundamente irresponsável para o parlamento prosseguir com este acordo da primeira-ministra britânica:

"Não há clareza no que diz respeito ao futuro relacionamento entre o Reino Unido e a UE. Por isso, será pedido a Câmara dos Comuns que valide um Brexit de olhos vendados. Acho que seria um erro e profundamente irresponsável fazê-lo", afirmou a chefe do executivo escocês.

Quando parece que está tudo, ou quase tudo, decidido, e que não há como voltar atrás, os britânicos continuam a manifestar-se nas ruas a favor e contra o Brexit.