Eslovénia, o único estado da NATO com uma mulher à frente do Exército

Eslovénia, o único estado da NATO com uma mulher à frente do Exército
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Alenka Ermenc substitui o antecessor Andrej Osterman no cargo. O lugar foi ocupado de forma interina pelo general Alan Geder,

PUBLICIDADE

Iniciou funções esta quarta-feira, mas Alenka Ermenc já fez história na cerimónia de tomada de posse, na véspera.

Tornou-se na primeira mulher à frente do Estado-Maior do Exército na Eslovénia. A nomeação de uma representante feminina para o cargo também é caso único entre os Estados-membros da NATO.

Responsabilidade acrescida para a general de 55 anos educada no Reino Unido e escolhida por causa da vasta experiência e formação civil e militar.

Ermenc substitui Andrej Osterman, afastado do cargo devido ao fraco desempenho das forças armadas do país durante testes da aptidão da NATO.

A Eslovénia aderiu à Aliança Atlântica e à União Europeia em 2004.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dezenas de manifestantes anti-NATO entram em confronto com a polícia em Nápoles

Primeiro contingente de tropas da Alemanha chega a Vilnius para reforçar flanco leste da NATO

Países preparam-se para a guerra? Noruega vai investir mais 52 mil milhões na Defesa até 2036