Última hora

Última hora

2018 será quarto ano mais quente de que há registo

2018 será quarto ano mais quente de que há registo
Tamanho do texto Aa Aa

2018 deverá ser o quarto ano mais quente de que há registo no planeta. O alerta é dado pela Organização Meteorológica Mundial (OMM), num relatório divulgado a poucos dias da COP24, a Cimeira da ONU sobre o Clima na Polónia, na qual a comunidade internacional deve finalisar o acordo de Paris que tinha como meta limitar o aquecimento global a menos de 2 graus Celsius, em relação aos níveis da era pré-industrial.

Max Dilley, diretor do departamento de Previsões e Adaptações Climáticas da OMM: "Nalgum momento, num futuro não distante, haverá um dia, um mês ou um ano em que a temperatura subirá acima dos 1,5 graus e, eventualmente, manter-se-á acima e continuará a subir a partir daí. Por isso esta informação que é constantemente repetida a todos os envolvidos põe pressão nas negociações."

Nos 10 primeiros meses de 2018, a temperatura média foi superior em quase 1 grau aos valores da era pré-industrial. Os vinte anos mais quentes de que há registo ocorreram nos últimos 22 anos, com os principais recordes registados entre 2015 e 2018, assistindo-se em paralelo a uma multiplicação dos fenómenos meteorológicos extremos.