Última hora

Provedora reitera crítica à nomeação de Selmayr

 Provedora reitera crítica à nomeação de Selmayr
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Provedora de Justiça Europeia, Emily O’Reilly, reiterou, terça-feira, que a Comissão Europeia não respeitou, totalmente, as regras no processo de nomeação de Martin Selmayr como secretário-geral, em fevereiro de 2018.

"A nomeação de Selmayr não seguiu a legislação da União Europeia e não seguiu as próprias regras da Comissão", disse Emily O’Reilly, em reação às mais recentes explicações dadas pela Comissão Europeia sobre a nomeação do burocrata alemão.

No inquérito que realizou, e cujos resultados foram divulgados há três meses, a Provedora de Justiça Europeia considerou que houve uma manipulação das regras para nomear Martin Selmayr o mais rapidamente possível, sem dar hipótese a outros candidatos de se apresentarem.

Esta apreciação indignou o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, já que está em causa o seu ex-chefe de gabinete que assumiu, na altura, o mais alto posto na carreira de serviço público europeu.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.